Últimas notícias

7 Salmos para a sua vida diária






O ser humano em toda a sua vida desde que nasce até quando morre, passa por momentos de adversidades e dificuldades na vida. Momentos estes que leva a pessoa a não ver solução para seus problemas, desânimo, falta de fé, confiança, desesperança entre outros sentimentos negativos. Aqui vamos conhecer os Sete Salmos para a sua vida diária para que você tenha uma vida mais sólida em Deus independente de qualquer circunstância.

Davi foi um homem que experimentou muitas emoções em meio a tantos desafios em sua vida. Davi foi perseguido, sofreu por causa de seu pecado, foi desacreditado pela família de que ele jamais seria capaz de ser rei de Israel um dia, enfrentou guerras, matou um urso para defender seu rebanho de ovelhas e matou o gigante Golias.
O que temos a aprender com este homem descrito na Bíblia como um homem de pequena estatura e ruivo, sem habilidades de guerra e que trabalhava como pastor de ovelhas nos campos, é que Davi nunca se deixou ser vencido pelas palavras negativas de seus entes queridos e nem pelas circunstâncias extremadas de perigo ou desafiadoras, sempre as enfrentou com muita força e coragem, porque confiava num Deus Vivo que renovava suas forças diariamente e que tinha um coração totalmente voltado para Deus.
Mesmo diante das dificuldades que Davi enfrentava e o seu pecado de adultério seguido de assassinato quando colocou Urias marido de Bateseba a frente do exército para morrer, Deus o puniu, mas vemos que não ficou desamparado. Davi adorou a Deus em meio ao arrependimento e confessava que ele merecia tal castigo. E em base a estas experiências particulares de Davi, vamos conhecer os Salmos que nos trará refrigério para as sete circunstancias da vida.



#1 - Em momentos de Medo

Mesmo em momentos de medo e pavor, o salmista declarou a sua fé inabalável confessando o Senhor como sua luz, salvação e fortaleza. A presença de Deus provê os recursos interiores para superar o medo de situações difíceis. O amor de Deus transcende o amor que os pais sentem pelos filhos. Este salmo não sugere desamparo da parte de Deus, mas sim o compromisso do indivíduo com Deus ao declarar de dependência dele. Veja abaixo Salmo 27

1 O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O SENHOR é a força da minha vida; de quem me recearei? 

2 Quando os malvados, meus adversários e meus inimigos, se chegaram contra mim, para comerem as minhas carnes, tropeçaram e caíram. 

3 Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nisto confiaria. 

4 Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo. 

5 Porque no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no oculto do seu tabernáculo me esconderá; pôr-me-á sobre uma rocha. 

6 Também agora a minha cabeça será exaltada sobre os meus inimigos que estão em redor de mim; por isso oferecerei sacrifício de júbilo no seu tabernáculo; cantarei, sim, cantarei louvores ao Senhor. 

7 Ouve, Senhor, a minha voz quando clamo; tem também piedade de mim, e responde-me. 

8 Quando tu disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei. 

9 Não escondas de mim a tua face, não rejeites ao teu servo com ira; tu foste a minha ajuda, não me deixes nem me desampares, ó Deus da minha salvação. 

10 Porque, quando meu pai e minha mãe me desampararem, o Senhor me recolherá. 

11 Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e guia-me pela vereda direita, por causa dos meus inimigos. 

12 Não me entregues à vontade dos meus adversários; pois se levantaram falsas testemunhas contra mim, e os que respiram crueldade. 

13 Pereceria sem dúvida, se não cresse que veria a bondade do Senhor na terra dos viventes. 

14 Espera no Senhor, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor.



#2 - Em momentos de Dúvida


O Salmista expressou seu momento de fraqueza humana. Seus pés quase escorregaram. Ele viu a prosperidade dos perversos e teve inveja dos ímpios que, aparentemente, nunca são punidos por seu mau procedimento. A vida não é justa. O salmista põe-se a refletir sobre a fé ao entrar no santuário para adorar a Deus. Ele fez uma avaliação sincera e viu como o ímpio, ao final, é destruído, e então começou a louvar a Deus de todo o coração. O poeta não recebeu uma resposta abrangente para a irrespondível questão ao mal, mas sim uma grande convicção de presença de Deus. Leia abaixo Salmo 73


1 Verdadeiramente bom é Deus para com Israel, para com os limpos de coração.
2 Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos.
3 Pois eu tinha inveja dos néscios, quando via a prosperidade dos ímpios.
4 Porque não há apertos na sua morte, mas firme está a sua força.
5 Não se acham em trabalhos como outros homens, nem são afligidos como outros homens.
6 Por isso a soberba os cerca como um colar; vestem-se de violência como de adorno.
7 Os olhos deles estão inchados de gordura; eles têm mais do que o coração podia desejar.
8 São corrompidos e tratam maliciosamente de opressão; falam arrogantemente.
9 Põem as suas bocas contra os céus, e as suas línguas andam pela terra.
10 Por isso o povo dele volta aqui, e águas de copo cheio se lhes espremem.
11 E eles dizem: Como o sabe Deus? Há conhecimento no Altíssimo?
12 Eis que estes são ímpios, e prosperam no mundo; aumentam em riquezas.
13 Na verdade que em vão tenho purificado o meu coração; e lavei as minhas mãos na inocência.
14 Pois todo o dia tenho sido afligido, e castigado cada manhã.
15 Se eu dissesse: Falarei assim; eis que ofenderia a geração de teus filhos.
16 Quando pensava em entender isto, foi para mim muito doloroso;
17 Até que entrei no santuário de Deus; então entendi eu o fim deles.
18 Certamente tu os puseste em lugares escorregadios; tu os lanças em destruição.
19 Como caem na desolação, quase num momento! Ficam totalmente consumidos de terrores.
20 Como um sonho, quando se acorda, assim, ó Senhor, quando acordares, desprezarás a aparência deles.
21 Assim o meu coração se azedou, e sinto picadas nos meus rins.
22 Assim me embruteci, e nada sabia; fiquei como um animal perante ti.
23 Todavia estou de contínuo contigo; tu me sustentaste pela minha mão direita.
24 Guiar-me-ás com o teu conselho, e depois me receberás na glória.
25 Quem tenho eu no céu senão a ti? e na terra não há quem eu deseje além de ti.
26 A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração, e a minha porção para sempre.
27 Pois eis que os que se alongam de ti, perecerão; tu tens destruído todos aqueles que se desviam de ti.
28 Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS, para anunciar todas as tuas obras.





#3 - Em momentos de Enfermidade



O Salmista apela para a misericórdia graciosa de Deus, porque seus "ossos" estavam abalados, ou seja, todo o seu ser. Portanto a súplica do salmista para ser curado caracteriza um pedido de perdão e a vitória, alterando o tom do poema. O salmista não afirma inocência, pelo contrário, ele apela para a natureza graciosa de Deus para ser perdoado. Leia Salmo 6


1 Senhor, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor. 

2 Tem misericórdia de mim, Senhor, porque sou fraco; sara-me, Senhor, porque os meus ossos estão perturbados. 

3 Até a minha alma está perturbada; mas tu, Senhor, até quando?. 

4 Volta-te, Senhor, livra a minha alma; salva-me por tua benignidade. 

5 Porque na morte não há lembrança de ti; no sepulcro quem te louvará? 

6 Já estou cansado do meu gemido, toda a noite faço nadar a minha cama; molho o meu leito com as minhas lágrimas, 

7 Já os meus olhos estão consumidos pela mágoa, e têm-se envelhecido por causa de todos os meus inimigos. 

8 Apartai-vos de mim todos os que praticais a iniquidade; porque o Senhor já ouviu a voz do meu pranto. 

9 O Senhor já ouviu a minha súplica; o Senhor aceitará a minha oração. 

10 Envergonhem-se e perturbem-se todos os meus inimigos; tornem atrás e envergonhem-se num momento.



#4 - Em momentos de Tribulação



O salmista demonstra a sua fé inabalável em Deus como seu refúgio nos períodos de tribulação. O pano de fundo deste salmo talvez seja a crise do ano 701 a.C., quando Deus, milagrosamente, libertou a cidade de Jerusalém dos exércitos de Senaqueribe, rei da Assíria. Essas palavras inspiram o hino de Martinho Lutero - Castelo forte!


Aquietai-vos é literalmente se calar e descansar. O Salmista encoraja o ouvinte a parar de lutar e a buscar a paz e a fé. Essa paz é encontrada apenas quando reconhecemos o senhorio de Deus em nossas vidas e nos rendemos a vontade dele. Leia Salmos 46


1 Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
2 Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.
3 Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.)
4 Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo.
5 Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã.
6 Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu.
7 O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)
8 Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra!
9 Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.
10 Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.
11 O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)



#5 - Em momentos de Pecado


O Salmista o identifica como uma oração de Davi em busca de perdão depois de ser confrontado por Natã por causa do adultério com Bateseba. Davi reconheceu a sua fragilidade e pecaminosidade humana, quando viu a santidade de Deus. Qualquer pecado encoberto será descoberto por Deus; aquilo que descobrimos, Deus cobrirá.


Davi desejava compartilhar as boas novas do perdão com os outros. Por esses pecados graves, o pecador deveria apenas entregar-se a misericórdia de Deus. O Senhor aceita e perdoa aqueles que são sinceros com ele, que se humilham diante dele e que reconhecem sua dependência da graça divina. Leia Salmos 51.


1 Tem misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias.
2 Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado.
3 Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.
4 Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares.
5 Eis que em iniqüidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe.
6 Eis que amas a verdade no íntimo, e no oculto me fazes conhecer a sabedoria.
7 Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve.
8 Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que gozem os ossos que tu quebraste.
9 Esconde a tua face dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniqüidades.
10 Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto.
11 Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo.
12 Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.
13 Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão.
14 Livra-me dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação, e a minha língua louvará altamente a tua justiça.
15 Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca entoará o teu louvor.
16 Pois não desejas sacrifícios, senão eu os daria; tu não te deleitas em holocaustos.
17 Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.
18 Faze o bem a Sião, segundo a tua boa vontade; edifica os muros de Jerusalém.
19 Então te agradarás dos sacrifícios de justiça, dos holocaustos e das ofertas queimadas; então se oferecerão novilhos sobre o teu altar.



#6 - Em momentos de ação de graças pelo perdão.



As bem-aventuranças do perdão é celebrada neste salmo penitencial de ação de graças. Essa bem-aventurança decorre da confissão do pecado, não de nega-lo. O perdão de Deus é integral. Este perdão é concedido ao indivíduo que embora tenha recusado, a princípio, ter seu pecado coberto, depois confessa a Deus com sinceridade. Leia salmo 32.


1 Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.
2 Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.
3 Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia.
4 Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. (Selá.)
5 Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. (Selá.)
6 Por isso, todo aquele que é santo orará a ti, a tempo de te poder achar; até no transbordar de muitas águas, estas não lhe chegarão.
7 Tu és o lugar em que me escondo; tu me preservas da angústia; tu me cinges de alegres cantos de livramento. (Selá.)
8 Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.
9 Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio para que não se cheguem a ti.
10 O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no Senhor a misericórdia o cercará.
11 Alegrai-vos no Senhor, e regozijai-vos, vós os justos; e cantai alegremente, todos vós que sois retos de coração.



#7 - Em momentos de solidão


Sozinho para combater o ímpio, o salmista sentiu que não existe bem nem fidelidade neste mundo. O grito de socorro do poeta é um grito por salvação ou por livramento. Deus responde os lamentos do seu povo, tranquilizando-nos com sua presença. Leia Salmo 12.


1 Salva-nos, SENHOR, porque faltam os homens bons; porque são poucos os fiéis entre os filhos dos homens.
2 Cada um fala com falsidade ao seu próximo; falam com lábios lisonjeiros e coração dobrado.
3 O Senhor cortará todos os lábios lisonjeiros e a língua que fala soberbamente.
4 Pois dizem: Com a nossa língua prevaleceremos; são nossos os lábios; quem é senhor sobre nós?
5 Pela opressão dos pobres, pelo gemido dos necessitados me levantarei agora, diz o Senhor; porei a salvo aquele para quem eles assopram.
6 As palavras do Senhor são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes.
7 Tu os guardarás, Senhor; desta geração os livrarás para sempre.
8 Os ímpios andam por toda parte, quando os mais vis dos filhos dos homens são exaltados.



Estes foram os Sete Salmos para a sua vida diária. Anote estes salmos e guarde com você em sua Bíblia para os momentos de dificuldades e assim você ter o refrigério de Deus na sua vida. Espero que tenham gostado deste devocional, Deus abençoe você! 

Nenhum comentário