J.A Peças e Serviços

Aqui o seu carro, moto e bicicleta é bem cuidado, venha e confira nossas instalações...

Anuncie conosco

Quer ser visto? anuncie seu trabalho, sua loja, seu projeto e veja o resultado que...

Kamila Káren - confira agenda da cantora:

Mais que músicas, bençãos em suas vidas...

Acessem o site da Assembleia de Deus Serra do Mel

Conheçam o portal da Igreja em Serra do Mel e conheça um pouco mais sobre...

Pr. Demetrius e Pr. Angélica

Conheça o blog do ministério dos...

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Assembleia de Deus em Serra do Mel realiza 4ª CONFEPE PARTICIPE !!!



Queridos é com imensa alegria que convidamos a todos para adorarem juntamente conosco ao Deus todo poderoso.

A UMADESM realizará nos dias 25 e 26 de fevereiro de 2017 a 4ª CONFEPE, evento este que sera dividido em três trabalhos a abertura será no sábado a noite com o pregador Pb: Antonio Fonseca, no domingo a tarde com o pregador Dc: Kemuel Barreto e domingo a noite o encerramento com o Pb: Edmilson Reinaldo.

Este ano com o tema: Mas quando o Espírito Santo descer sobre vocês

Atos 1

8. “Mas quando o Espírito Santo descer sobre vocês, receberão poder para serem minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até nos confins da terra”.

você é nosso convidado especial.

Nudez na Internet, pode?




Hoje vou falar de um assunto muito sério que os jovens cristão tem enfrentado e por que não dizer que esse problema se estende a jovens e adultos, sabemos que a mídia, a internet tem investido em coisas que desperta o lado sexual daqueles que estão vendo e por esse motivo venho escrever esse post, e tentar colocar na sua cabeça o que Jesus acha dessas coisas.Uma pesquisa realizada por dois maiores sites de pornografia da internet afirma que o Brasil e as Filipinas estão em primeiro lugar em uma lista de consumo de conteúdo erótico pelo público feminino.Nos dois países, 35% do consumo de pornografia é realizado por mulheres e 65% pelos homens segundo esses sites.

Veja como o nosso país está no ranking e nesse meio existe muitos crentes que passa horas e horas, mostrando o seu corpo para pessoas que nem conhece, quando não é isso fica mandando fotos para seu namorado ou namorada pelo WhasApp e pode ter certeza meus queridos que Deus não está se agradando dessa sua atitude. Veja o que Paulo escreveu em sua carta em Galatas 5. 19-21 As coisas que a natureza humana produz são bem conhecidas. Elas são: a imoralidade sexual, a impureza, as ações indecentes,a adoração de ídolos, as feitiçarias, as inimizades, as brigas, as ciumeiras, os acessos de raiva, a ambição egoísta, a desunião, as divisões, as invejas, as bebedeiras, as farras e outras coisas parecidas com essas. Repito o que já disse: os que fazem essas coisas não receberão o Reino de Deus.(NTLH)

Ficar pelado na frente da webcam é pecado sim, seu corpo deve está sendo guardado para o seu cônjuge quando estiverem casados, se você está fazendo esses tipos de coisas pare hoje mesmo. Existem muitas jovens que tem sido mortas, sequestradas, estrupadas, por mostrar o seu corpo que é Templo do Espírito Santo nas redes sociais. Você é crente e tem uma reputação a zelar não deixe que os desejos da carne venham ser maior que a vontade de agradar a Deus.

“Todas as coisas me são lícitas”, como diziam alguns, mas Paulo acrescenta,  “eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”.  Ele recusava se tornar escravo outra vez, escravo de suas próprias paixões, dos seus desejos, dos maus hábitos, do pecado.  Se existe alguma coisa em nossa vida que não podemos viver sem, estamos sendo controlados, dominados, escravizados, por ela (Ef 5.18).  O cristão foi liberto pela verdade (Jo 8.32,36) e verdadeiramente está livre—totalmente livre. 1 Co 9.27.


Não permita que o diabo transforme você em uma prostituta e isso serve para os homens também, que gosta de mostrar seu corpo na internet, cuidado tem muitas pessoas com pensamentos mal e quer destruir as suas vidas e sem contar que Jesus fica triste com essa atitude, seu corpo foi feito para glória de Deus, pare de mostrar tudo a todos, se guarde se preserve, se valorize.



Por Rinaldo Ribeiro
Geração Jovem

3 motivos que fazem os jovens se desviar



Olá pessoal, a graça e a paz de nosso Senhor Jesus. Existem vários motivos que causam o afastamento dos jovens, não só dos jovens, mas de qualquer pessoa de um tempo do Senhor. Mas, em especial quero trazer para você 3 motivos em especial que faz as pessoas se afastarem da presença do Senhor.

Parece até um pouco óbvio o que iremos passar aqui, porém é o que mais tem afastado pessoas da presença de Deus.


1 – A vontade de conhecer as coisas do mundo

O mundo causa curiosidade a quem está dentro da igreja, principalmente aqueles que foram nascidos e criados dentro da igreja. Sentem curiosidade e essa curiosidade que faz a pessoa querer conhecer o que tem de tão importante lá fora que “várias pessoas” falam tão bem.

2 – Irmãos que falam maus uns dos outros

Tem pessoas que não suportam a pressão de ver alguém falando mal de si próprio e acaba se entristecendo e saindo. Ouvir alguém falar mal de você dentro da igreja causa uma tristeza imensa, que resulta no afastamento da pessoa da presença do Senhor. Sabendo-se que, em todo canto tem sempre alguém que fala mal, porém machuca, e essa ferida quando se abre causa o afastamento de uma pessoa da presença do Senhor.

3 – Amizades erradas

Amizades erradas também é um dos fatores que mais fazem as pessoas se afastar da presença do Senhor. Existe um ditado popular que é bem antigo, mas que é sempre falado: “mostra-me com quem andas e te direi quem és”, e é verdade”. A partir do momento que a pessoa anda com alguém errado, acaba sendo influenciado pelos conselhos do mal que aquele “amigo” está dizendo. Dentro disso entra a curiosidade que arremete a desistência de prosseguir em uma vida de fé em Cristo Jesus.

Por isso é muito importante que todos nós vivamos uma vida de oração e leitura da palavra, pois se fizermos isso diariamente, com certeza não iremos nos afastar por tais coisas aqui citadas. Quando vivemos uma vida de oração o Senhor mostra nossas amizades, ele seleciona as pessoas para estar do nosso lado, quando sentimos vontade de conhecer o mundo, Deus nos apresenta pessoas para nos aconselhar e nos mostrar o caminho certo a ser trilhado. Quando alguém fala mal, Deus nos justifica, ma         s tudo isso quando vivemos uma vida de oração, então a vida de oração, vida de altar é muito importante para que a frieza espiritual não venha bater em nossa porta.

Assista o vídeo a seguir e entenda melhor sobre esse assunto:


Elson Elias
Geração Jovem.com 

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Perdoar ou pedir perdão?





Graça e paz povo abençoado!
Tudo bem com vocês? Espero que sim...

No mundo em que vivemos, quase ninguém fala em perdoar, a maioria pensa em pagar com a mesma moeda ou fazer pior.Mas, o que é mais difícil, perdoar ou pedir perdão?
Pedir perdão, nem sempre é fácil , causa vergonha e até constrangimento, porque admitir estar errado ninguém gosta né?!
E perdoar quem nos machucou ou causou sérios danos ? Sabemos que é muito mais difícil, porém temos que lembrar, que nós também erramos.

E que se não perdoarmos , nosso Deus também não nos perdoará.
"Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas".
(Mateus 6:1)
Não importa quem estar certo ou quem errou,devemos perdoar e pedir perdão
Que Deus nos ajude!

Um abraço, fiquem na paz!

Por Tatiane Soares
GeraçãoJovem.com

Textos bíblicos que condenam a adoração a imagens

A adoração de imagens até parece coisa de um passado longínquo, mas não é. Ela esteve presente nas sociedades antigas e também está presente na sociedade moderna. Isso acontece porque o homem tem um desejo profundamente enraizado de ver e tocar, de poder interagir de uma forma física com aquilo que ele crê que é maior do que ele. Mas Deus deixou claro na Bíblia diversos textos bíblicos que condenam a adoração a imagens.

Observamos nas revelações bíblicas que uma das coisas que Deus mais falou no texto sagrado foi sobre o desagrado Dele em o homem adorar imagens, em o homem fazer de imagens seus deuses. É por isso que trago hoje uma série de textos bíblicos que condenam a adoração a imagens para que todos possam refletir sobre a posição de Deus sobre isso. 

Depois de ler esses textos, certamente você vai ver de forma diferente esse tipo de adoração que desagrada o Senhor Todo Poderoso.

Textos bíblicos que condenam a adoração a imagens

Textos bíblicos que condenam a adoração a imagens

Adoração ou veneração?

Mas antes vamos entender uma coisa importante: Algumas pessoas que têm imagens e interagem com elas em seu dia a dia, dizem que não as adoram, mas as veneram. Segundo o dicionário Online Priberan, alguns dos significados de venerar incluem “ter estima respeitosa por; tratar com muito respeito. Ter em grande consideração”.

Nesse sentido, algumas pessoas têm fotos de familiares, esculturas artísticas e outros tipos de imagens que remetem a pessoas que tiveram um papel importante no mundo ou em suas vidas e não quebram os mandamentos bíblicos apenas por ter essas imagens. No entanto, a maioria dessas mesmas pessoas fazem pedidos para as imagens, atribuem a elas milagres, ajoelham diante delas, acendem velas diante delas, as cultuam, estabelecem que elas as protegem de perigos, etc. Essas atitudes representam adoração a imagens e são pecados condenados na Bíblia. Dizer que venera na teoria e na prática cultuar, é um grave erro de hipocrisia de nossa sociedade atual.

Textos Bíblicos que condenam a adoração a imagens

Os textos bíblicos que condenam a adoração de imagens são muitos. Vou destacar aqueles que acho os principais e que demonstram claramente o desagrado de Deus com tal prática.
O mandamento sobre adoração de imagens:
a) “Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o SENHOR, teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem” (Êxodo 20:4-5).

Inclinar-se perante imagens é pecado:

b) “Não fareis para vós outros ídolos, nem vos levantareis imagem de escultura nem coluna, nem poreis pedra com figuras na vossa terra, para vos inclinardes a ela; porque eu sou o SENHOR, vosso Deus” (Levítico 26:1).

Colocar imagens em altares, em posição de culto é pecado e abominável ao Senhor

c) “Maldito o homem que fizer imagem de escultura ou de fundição, abominável ao SENHOR, obra de artífice, e a puser em lugar oculto. E todo o povo responderá: Amém!” (Deuteronômio 27:15)

O rei Asa eliminou as imagens que eram adoradas e agradou a Deus

d) “O rei Asa depôs também a Maaca, sua mãe, da dignidade de rainha-mãe, porquanto ela havia feito a Aserá, uma abominável imagem; Asa destruiu-lhe a imagem, que, feita em pó, queimou no vale de Cedrom” (2 Crônicas 15:16)

Orar para as imagens e fazer petições a elas representa erro grave

e) “Então, do resto faz um deus, uma imagem de escultura; ajoelha-se diante dela, prostra-se e lhe dirige a sua oração, dizendo: Livra-me, porque tu és o meu deus. Nada sabem, nem entendem; porque se lhes grudaram os olhos, para que não vejam, e o seu coração já não pode entender” (Isaías 44:17-18).

A adoração a imagens leva ao caminho da mentira:

f) “Todo homem se tornou estúpido e não tem saber; todo ourives é envergonhado pela imagem que ele mesmo esculpiu; pois as suas imagens são mentira, e nelas não há fôlego” (Jeremias 10:14)

Não adorar a imagens, mesmo que seja tradição ou lei é elogiado na Bíblia

g) “Se não, fica sabendo, ó rei, que não serviremos a teus deuses, nem adoraremos a imagem de ouro que levantaste” (Daniel 3:18)

As imagens representam um laço de mentira

h) “Que aproveita o ídolo, visto que o seu artífice o esculpiu? E a imagem de fundição, mestra de mentiras, para que o artífice confie na obra, fazendo ídolos mudos?” (Habacuque 2:18)

A tentativa de transformar Deus em uma imagem é pecado

i) “e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis. Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si” (Romanos 1:23-24)

As imagens e quem elas representam não têm qualquer poder. Tem apenas o poder de enganar e levar para longe do Senhor

j) “Prata e ouro são os ídolos deles, obra das mãos de homens. Têm boca e não falam; têm olhos e não veem; têm ouvidos e não ouvem; têm nariz e não cheiram. Suas mãos não apalpam; seus pés não andam; som nenhum lhes sai da garganta. Tornem-se semelhantes a eles os que os fazem e quantos neles confiam” (Salmos 115:8)

Esses são os principais textos bíblicos que condenam a adoração a imagens e demonstram claramente como Deus se desagrada quando o homem faz de imagens deuses, quando o homem engana o seu próprio coração, prostrando-se diante de imagens, fazendo petições a elas, cultuando-as, estabelecendo que elas geram milagres, etc.



www.esbocandoideias.com

Presbítero André Sanchez





(#2) Curiosidades Bíblicas - O que aconteceu com Judas após a crucificação de Jesus?




Olá pessoal, a graça e a paz de nosso Senhor Jesus. Você sabe o que aconteceu com Judas após a crucificação de Jesus Cristo?


Há muitos relatos sobre a história de Judas após a morte de Jesus, porém, muitos dos relatos contados é inverídico. Judas após a crucificação do messias, ele se enforcou, mas, antes disso ele tentou devolver o valor que teria sido lhe pago para entregar a Jesus, pois havia sentido remorso e um sentimento profundo de culpa por ter feito aquilo (Mateus 27:3-5).

No momento em que Judas se leva ao suicídio se enforcando, a corda na qual sustentava o seu enforcamento se rompe e ele cai de um monte muito alto. Ele tinha amarrado a corda em uma árvore que dava a um vale, assim quando a corda se rompe ele cai nas pedras, fazendo assim com que tivesse uma morte súbita se estourando inteiro (Atos 1:18).

Elson Elias


Geração Jovem.com

Culto doméstico: guia completo de como fazer e ser bem sucedido

Você pergunta: Eu tenho dois filhos, uma menina de cinco anos de idade e um menino de quatorze anos. Tenho sentido muito a necessidade de fazer culto doméstico com eles, para que eles sejam ensinados mais sobre o Senhor. Confesso que falhei um pouco com meu mais velho, pois o tempo passou e nunca pensamos em fazer culto no lar com ele. Mas agora sinto essa necessidade e vejo a importância. Mas estou perdida sobre como fazer isso. Pode me dar algumas dicas?

Cara leitora, pregar o evangelho no lar é algo que os pais devem fazer para abençoar seus filhos. O culto doméstico é uma estratégia muito boa para fazer isso. Trata-se de um culto bem informal que os pais fazem entre si e os filhos ou outros parentes. Diante do seu desejo, vou compartilhar algumas dicas que vão te ajudar a cativar seus filhos a participarem com alegria desse momento especial da família.

Dicas de como fazer culto doméstico com crianças e adolescentes

Dicas para fazer um culto doméstico abençoado

(1) Comunique a família sobre dia, horário, tempo de duração e local onde farão o culto doméstico

É muito importante que o culto doméstico seja algo formal dentro do lar. Se assim não for certamente outras atividades irão tomar o lugar dele. Ele não pode ser uma atividade a ser feita se sobrar tempo. Por isso, faça do seu culto um evento marcado com data, lugar, hora e duração, a fim de que todos saibam e estejam preparados para esse compromisso dentro da família. Por exemplo: Quarta-feira, dia 15, no alpendre de casa, trinta minutos de duração.

(2) Organize seu culto doméstico

Esse culto deve ser mais leve do que um culto mais formal na igreja. Deve ser objetivo e focado na comunhão entre a família (uns com os outros) e Deus. Por isso não é importante que você se preocupe em preparar coisas complexas. Eu aconselho que seu culto doméstico tenha pelo menos três elementos básicos:

a) Leitura da Bíblia. Aqui você pode usar devocionários como, por exemplo, o Cada Dia. Assim fica mais simples você escolher uma mensagem e vocês compartilharem aquela leitura e cada um poder compartilhar e falar um pouco sobre a mensagem. Mas você pode também escolher um verso bíblico e preparar uma breve mensagem sobre ele.

b) Louvor. Se você toca algum instrumento, escolha uma ou duas canções. Se não toca nenhum instrumento, coloque um louvor no celular mesmo ou busque no Youtube algum louvor que vocês possam colocar e cantar juntos. Aqui você pode estimular seus filhos a escolherem as músicas de louvor que eles gostam. Cada um pode escolher em uma semana, por exemplo.

c) Oração. Prepare um momento de oração uns pelos outros e também por pedidos mais gerais para que se ore também por causas fora do lar. É importante criar no coração de todos essa visão mais ampla do mundo, das pessoas e da obra de Deus.

Assim, a programação do seu culto doméstico pode ficar mais ou menos assim:
– Oração inicial (1 minuto)
– Louvor (6 minutos)
– Mensagem bíblica (15 minutos)
– Oração em conjunto (10 minutos)

(3) O que evitar e o que fazer no culto doméstico?

Muitos filhos odeiam essa ideia de culto em casa porque os pais a transformam na coisa mais chata do mundo. Como você vai conseguir fazer seus filhos amarem algo chato? É bem complicado. Por isso, é importante ter alguns cuidados e evitar algumas coisas que vão tornar seu culto improdutivo.

a) Evite leituras longas da Bíblia. Esse não é o momento de fazer seu filho ler tudo que ele não leu até hoje da Bíblia. Use textos mais curtos, objetivos, com lições claras e que não demandem muito tempo. Se ele conseguir aprender uma única coisa já está ótimo. Se seu filho for pequeno, abuse das historinhas, de livros com mais figuras, etc.

b) Evite ensinar polêmicas teológicas da Bíblia. O culto doméstico é um momento que tem como objetivo uma maior comunhão entre a família. Começar a querer ensinar teologia complexa para os filhos exatamente nesse momento, vai colocar tudo a perder.

c) Termine no horário. Não se empolgue. Se você combinar um culto de trinta minutos, termine em trinta minutos. Seus filhos vão se sentir mais tranquilos sabendo que você cumpre o que diz. Se você combinar trinta e ficar uma hora e meia fazendo culto doméstico, pode ter certeza que eles vão odiar e fugir.

d) Evite dar lições de moral, não é o momento. Os pais adoram dar lições nos filhos. E o culto doméstico é o pior momento para ficar dando aquela bronca ou querer pegar textos bíblicos para dar sermões direcionados a eles. Tente deixá-los livres para compreenderem a palavra por si só e entenderem o que Deus quer deles. Você não gostaria de participar de algo onde só é criticado, gostaria? Pois é, eles também não!

e) Deixe-os e incentive-os a falar. A participação dos filhos é muito importante. Incentive que falem, que compartilhem, que façam pedidos de oração, que orem e que comentem seus entendimentos dos ensinos bíblicos compartilhados. Dê essa liberdade a eles. Isso vai fazer com que se sintam importantes e valorizados.

(4) Esteja preparado para enfrentar contrariedades

Você não esperava que iria ensinar sobre Deus para seus filhos e nada iria dar errado, esperava? Nós sabemos que quando ensinamos qualquer pessoa sobre Deus, os inimigos se levantam. Por isso, não desanime se inimigos se levantarem. Alguns inimigos comuns podem ser a falta de disposição dos filhos, reclamação deles, desânimo dos pais, mal comportamento e outros. À medida que obstáculos aparecerem, simplesmente os resolva e siga em frente. Cada minuto que você investe na família é um tempo que trará muitos frutos! Por isso, nunca desista!


www.esbocandoideias.com

Presbítero André Sanchez

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

3 dicas simples para ser vitorioso em seus projetos de vida


Quem de nós não deseja de coração fazer projetos abençoados, que sejam prósperos e que sejam a vontade de Deus para as nossas vidas? Mas como realizar esses grandes projetos de forma abençoada, de forma que agrade a Deus e de forma que possamos ser vitoriosos neles?

Um grande servo de Deus chamado Neemias estava exilado na Pérsia. Ele e uma grande parte do povo de Israel foram levados cativos devido a desobediência a Deus por grande parte do povo, quebrando a aliança com o Senhor. Neemias, porém, servia naquele lugar como copeiro do rei Artaxerxes (Neemias 1:11). O copeiro era um funcionário de confiança que experimentava as comidas e bebidas do rei antes dele para que, se porventura tivesse envenenada, o copeiro morreria e não o rei.

Em um determinado dia, Neemias recebeu notícias de seu povo que havia ficado em Jerusalém. As notícias não eram boas: “Disseram-me: Os restantes, que não foram levados para o exílio e se acham lá na província, estão em grande miséria e desprezo; os muros de Jerusalém estão derribados, e as suas portas, queimadas” (Neemias 1:3). Aqui iniciava-se no coração de Neemias um grande projeto: liderar a reconstrução dos muros de Jerusalém, que haviam sido destruídos, e trazer de volta a confiança de seu povo. Mas como Neemias fez com que esse grande projeto acontecesse? O que podemos aprender com ele para que nossos projetos também sejam realizados?

3 dicas simples para realizar seus projetos de vida

3 dicas simples para realizar seus projetos de vida

(1) Neemias começou seu projeto com oração e consagração

Quando analisamos o texto, observamos que, após receber as péssimas notícias da miséria em que seu povo estava vivendo, Neemias entregou-se à oração e à consagração: “Tendo eu ouvido estas palavras, assentei-me, e chorei, e lamentei por alguns dias; e estive jejuando e orando perante o Deus dos céus” (Neemias 1:4).

Neemias tinha um plano, ele tinha um projeto, um desejo grande em seu coração. Ele colocou tudo isso diante de Deus, consagrou sua vida, orou de forma honesta buscando a face de Deus em favor de tudo quanto Ele estava buscando de todo o coração. Esse é o melhor começo para nossos sonhos e projetos. Quando começamos um projeto dessa forma, orando e colocando-o diante de Deus, e temos a aprovação de Deus, significa que ele tem grandes chances de dar certo, claro, se seguirmos também as próximas etapas. Por isso, ore a Deus compartilhado com Ele os seus sonhos e projetos.

(2) Neemias continuou o projeto com planejamento

É interessante notar que após alguns meses Neemias estava diante do rei Artaxerxes e o rei percebe que Ele estava um tanto quando entristecido (Neemias 2:2). O mais incrível é que o rei, diante da fala de Neemias sobre seu povo que estava em miséria, lhe diz algo incrível: “Disse-me o rei: Que me pedes agora?” (Neemias 2:4). A grande oportunidade de expor ao rei o sonho que Neemias tinha estava diante dele! Mas imagine se ele não tivesse planejado o seu projeto? Se não tivesse pensado detalhadamente nele? O que ele diria agora ao rei naquele momento? Certamente essa grande oportunidade seria perdida!

Mas vemos claramente que Neemias não ficou apenas orando, mas planejou cuidadosamente esse grande projeto de vida. Por isso, ele pode responder ao rei Artaxerxes que precisaria de certo prazo para realizar aquele sonho (Neemias 2:6), que precisaria de cartas para conseguir atravessar em paz os diversos territórios até chegar ao seu povo (Neemias 2:7), que precisava de cartas com autorização para que fosse dada a ele madeira  para as reconstruções (Neemias 2:8). Isso demonstra que para que nossos projetos aconteçam, precisamos planejar, colocar no papel, sermos práticos e cuidadosos naquilo que buscamos, planejando de forma sábia.

(3) Neemias executou

Orar e planejar não são todos os elementos que fazem um plano dar certo. Neemias precisou executar. Aqui muitos sonhos e planos se perdem! Imagine se Neemias se entregasse à preguiça, ao desânimo, à tristeza? Quando lemos a história vemos que não foi fácil. Inimigos se levantaram de todos os lados, dificuldades apareceram. Mas ele ignorou tudo isso e executou com força os planos que fez, afinal, ele havia orado, planejado e Deus estava com ele em todas as etapas: “Acabou-se, pois, o muro aos vinte e cinco dias do mês de elul, em cinqüenta e dois dias. Sucedeu que, ouvindo-o todos os nossos inimigos, temeram todos os gentios nossos circunvizinhos e decaíram muito no seu próprio conceito; porque reconheceram que por intervenção de nosso Deus é que fizemos esta obra” (Neemias 6:15-16).

Por fim, o grande sonho de Neemias aconteceu. Ele conseguiu vencer as contrariedades, contagiar pessoas e, juntos, realizaram essa grande obra ao ponto das pessoas ao redor ficarem maravilhadas da tamanha ousadia e força que eles demonstraram. O que impede de seus projetos de vida também acontecerem dessa forma? Que tal começar a orar hoje mesmo por eles?


www.esbocandoideias.com

Presbítero André Sanchez

10 conselhos para evitar o pecado da prostituição.





Paz do Senhor!
Bom pessoal, resolvi colocar esses 10 conselhos pois o inimigo, anda em derredor bramando como um leão, buscando a quem possa tragar (1 Pedro 5, V8). E devemos andar com cuidado, enquanto estivermos aqui, principalmente os jovens que querem ter uma vida pura para com Deus.



Evite más companhias. 
Evite o segundo olhar. 
Discipline suas conversas. 
Tenha cuidado na maneira de se vestir. 
Selecione cuidadosamente os filmes, seriados e programas de TV. 
Tome cuidado com o que lê. 
Esteja em guarda com o tempo de folga. 
Ocupe suas mentes com as coisas de Deus. 
Gaste seu tempo com as escrituras. 
Tenha comunhão com Deus. 


Lembre-se sempre: O inimigo lança muitos pratos, mas o Senhor tem um banquete preparado para nós.
AH... A Verdadeira igreja de Cristo deve ter um alto padrão de SANTIDADE. (efésios 5, V25-27)
VOCÊ SABIA? Sodoma e Gomorra é um símbolo do mundo com sua imoralidade. (Gênesis C19).

Fiquem na Paz!!
Tatiane Soares
Geração Jovem.com

Oficina G3 completa 30 anos de carreira



O ano de 2017 já é especial para a banda de rock paulista Oficina G3. O grupo completa, este ano, 30 anos de carreira. Tudo começou no ano de 1987, quando o Grupo 3 da Igreja Cristo Salva, mais tarde, tornou-se numa das bandas de maior sucesso do segmento evangélico na década de 1990.
O primeiro trabalho, lançado em 1990, revelou algumas das habilidades do grupo em seu início: A fusão de gêneros, as composições futuristas e de referências à cultura popular de Túlio Regis e as guitarras de Juninho Afram. Com a saída de Regis, Luciano Manga tornou-se o principal vocal do grupo, que lançou clássicos como Indiferença (1996).
Duca Tambasco e Jean Carllos, dois integrantes de longa data do grupo, chegaram ao grupo cedo. Tambasco chegou a participar do relançamento de Nada É Tão Novo, Nada é Tão Velho, de 1994. Jean, por sua vez, ingressou no grupo em 1995 e participou, pela primeira vez, em Indiferença. Da formação original, restava apenas Afram e o baterista Walter.
A saída de Luciano Manga e o ingresso de PG no início de 1998, com uma série de outras mudanças no grupo, levou a Oficina G3 a alcançar proporções de sucesso cada vez maiores no segmento evangélico. O sucesso dos álbuns acústicos, do inédito O Tempo (2000) e até a participação no Rock in Rio em 2001, indicava que os anos 2000, no rock, eram de reino do G3. Nem a saída de Walter Lopes, ainda em 2002, parou o grupo.
No final de 2003, o grupo passa por problemas internos com a saída de PG. Juninho assumiu os vocais e a banda, agora formada por Afram, Tambasco e Carllos alcançou unidade novamente. Os três, unidos, marcaram a identidade da Oficina G3 que, em 2008, recebeu o reforço de Mauro Henrique nos vocais.
Em mais de 30 anos de carreira, Oficina G3 mostrou que renovo é uma palavra que faz parte de seu vocabulário. Nas apresentações lotadas, os jovens são parte considerável do público. Em termos de sonoridade, flertou entre várias vertentes do rock, desde o pop até o metal.

Em 2017, a banda parece vislumbrar-se com as possibilidades do mercado digital. Só a canção “João“, single mais recente de sua discografia, alcançou 1 milhão de visualizações em curto espaço de tempo. Para um grupo de 30 anos de carreira, eles não perderam o pique.
Fonte: Gospel Prime

Cadastre seu email e receba nossas novidades