sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Casamento: Homem versus mulher

Casamento: Homem versus mulher
Quando recebemos casais para fazer consultoria nos deparamos com uma visão preconcebida do casamento no senso comum, onde muitos pensam: “Se não der certo, a gente separa”, e muitas vezes alegando incompatibilidade de gênios, o que quer dizer: o meu jeito de ser não se encaixa ou combina com o seu.
Antes de casar deve-se buscar conhecer verdadeiramente quem estará ao seu lado, pois todas as pessoas têm qualidades e defeitos, isto é um fato. As qualidades sempre estarão presentes ao longo do relacionamento, já os defeitos ficam escondidos durante a paixão, mas com a convivência diária eles aparecem.
Então antes de gastar dinheiro com festa, convites, lua de mel, casa, móveis e movimentar toda uma igreja para honrar-te no casamento e, acima de tudo colocar Deus como teu convidado de honra, pense e pondere se é a pessoa certa que deseja que passe o resto dos teus dias nesta caminhada. Quero lembrar que quando namoravam e trocavam juras de amor não aparentavam ter incompatibilidades, mas elas existem, a questão é como lidamos com as diferenças.

E como cada lado vê o casamento?

Homem:
Uma continuação da casa da mãe, onde vai estar tudo como gosta, na hora que quer, enfim, tudo gira em torno dele. As contas pagam-se sozinhas, a comida ganha pernas do supermercado até a mesa, a responsabilidade com os cuidados da casa é apenas da mulher, faltando dinheiro Deus proverá todas as coisas, amigos solteiros continuam a ter a mesma importância na sua vida e como brinde: sexo para deixar maravilhosa a palavra casamento, sim, e se casam para ter sexo e não pecar, e na mente de muitos homens, o sexo vem em primeiro lugar.
Mulher:
Vai viver um amor perfeito de conto de fadas, terá tempo para passear com o esposo, um ser carinhoso como na época de namoro, e nada vai existir que não consigam superar, será uma rainha e seu amado sempre a surpreenderá, e nunca haverá brigas, continuará trabalhando e chegando ao final do dia em sua linda casa para cuidar, limpar e cozinhar sempre feliz e, depois desta lista de coisas maravilhosas neste casamento de filme romântico vêm o “amor”, sim, pois mulher quer fazer amor e não sexo.
Essa é a visão que alguns têm do casamento, o resultado são duas bombas que a qualquer momento podem explodir.
Em primeiro lugar, sexo é bom, mas não é tudo, e também não acontece todos os dias.  Homens, vamos contabilizar: Cinco dias elas têm TPM (Tensão Pré-menstrual), mais três de pré-TPM, uns dois pós-TPM, ah, e os dias da menstruação, ou seja, vamos reduzir para dez dias, que significa que nos outros dias ela vai ter dor de cabeça ou estar cansada, pode ficar zangada com tudo e todos, etc, etc, sobrou uns dois dias no mês em que o sexo pode ser incrivelmente maravilhoso, então homem casar pensando em sexo, a chance de este casamento afundar em pouco tempo é grande.
Mulheres, vamos ponderar: Exigir que para fazer sexo com o esposo, ele antes suba o monte Everest para gritar eu te amo e seja perfeito em tudo é praticamente impossível. São tantos rituais e burocracias para fazer “amor” que tornam isto muito complicado, afinal, exigir que o esposo adivinhe seus desejos e como fazê-la feliz no sexo, sem você fazer nada é difícil, seu empenho para um casamento feliz deve acontecer também na intimidade.  Precisa haver um ponto de equilíbrio, por isso ambos não devem colocar o relacionamento sexual como o ponto mais importante do casamento, mas um ponto de união e felicidade.
O ponto mais importante do casamento é DEUS na vida do casal e a partir disto vários pontos são significativos na vossa vida, o casamento deve ser importante como foi para Jacó que trabalhou anos a fio por Rebeca porque a amava, ser como Elcana que se importava com Ana o tempo todo, amando e respeitando-a, ser como Ziporá que acompanhou Moises em todas as lutas sem o abandonar, ser como a esposa de Noé que ficou ao seu lado mesmo quando o chamavam de louco.
Quanto aos sonhos e desejos de cada um, aprendam a liga-los como um só, a compartilhar e verão que os sonhos individuais tornam-se mais fortes quando conquistados a dois, aprendam a dividir a vida para somar lá adiante, o individualismo terminou no “Sim” do casamento e começou o somos “UM” no momento que se tornaram um casal, descubram que os sonhos do outro passam a serem os vossos sonhos, descubram que Deus uniu vocês para UMA obra em conjunto. o casamento é um barco com dois remos e cada um segura um remo, se remarem na mesma direção, com força, fé, determinação, paciência e amor ele vai chegar a um bom porto, se por outro lado cada um pensar da sua maneira, e que sabe o que é o certo, o barco do casamento vai afundar ou um dos lados vai saltar na água e desejar entrar em outro barco.
Ame respeitando as necessidades do outro, sonhando juntos e compartilhando tudo, tendo DEUS sobre todas as coisas. Se é essa a receita certa para o casamento feliz, talvez, se é a receita para um casamento perfeito, não, porque nada é perfeito quando se juntam duas pessoas imperfeitas, porque o único que é perfeito é DEUS e quase nunca entendemos os seus caminhos e os seus desígnios.
DEUS ABENÇOE VOSSO CASAMENTO!
Autor: João e Lídia Ribeiro
João e Lídia Ribeiro

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Cadastre seu email e receba nossas novidades