segunda-feira, 28 de setembro de 2015

6 dicas para superar as más notícias

Devocionais #23 - 6 dicas para superar as más notícias



As notícias que chegavam eram desanimadoras! Vários empregados foram mortos e os animais foram roubados por um bando de assaltantes (Jó 1: 14-15, 17). Mesmo já sendo o bastante para entristecer qualquer pessoa, as más notícias continuam: seus filhos estavam numa festa, quando um vento derrubou a casa em que estavam sobre eles. Todos morreram (Jó 1: 18-19).

Quem não ficaria baqueado com tais notícias? Em nossos tempos muitos têm enfrentado graves crises de estresse e depressão por muito menos! O fato é que más notícias com maior ou menor grau de complexidade impactam a nossa vida todos os dias: doenças, desemprego, problemas familiares, problemas de saúde, estresse, depressão, etc.

Mas como superar essas más notícias que nos impactam poderosamente? Jó nos ensina a como fazer isso.

1-) Jó se entristeceu com as más notícias que recebeu

Nenhum ser humano é um super-herói. Fingir que as más notícias não nos atingem não nos ajuda a superá-las. A Bíblia mostra que Jó ficou entristecido com tudo que ocorreu e isso é muito importante para o processo de superação. Precisamos digerir o que está acontecendo, precisamos chorar, questionar, precisamos colocar para fora o sentimento de tristeza. Isso nos dará forças para, depois do luto, levantarmos: “Então, Jó se levantou, rasgou o seu manto, rapou a cabeça e lançou-se em terra e adorou” (Jó 1:20). Na cultura antiga israelita raspar a cabeça, rasgar o manto e lançar terra sobre si era um sinal de grande tristeza por algum fato. Não precisamos fingir que estamos bem, que estamos fortes. Precisamos ser apenas seres humanos nesses momentos de luta.

2-) Jó não ficou prostrado na tristeza

Sentir tristeza é normal, mas ficar prostrado na tristeza é um sinal ruim de que estamos sendo vencidos pelas más notícias. Muitos, nessa época de crise em que vivemos, impactados pelas más notícias, perdem o vigor, deixam de estudar, ficam acuados, encolhidos, como que esperando que as boas notícias surjam do nada. Essa não é a melhor forma de encarar. Jó se entristeceu, mas ele se levantou da tristeza para enfrentar a situação de frente.


3-) Jó reconheceu a soberania de Deus nos acontecimentos

Por mais que seja difícil para nós, a Bíblia é clara quanto a soberania de Deus sobre tudo e todos. Isso significa que as más notícias recebidas por Jó estavam debaixo da vontade de Deus. Ele permitiu que tudo aquilo ocorresse e Jó sabia disso, pois disse em tom de adoração a Deus: “Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou…” (Jó 1:21). Jó faz uma declaração fascinante de fé na direção de Deus. Deus deu, Deus tomou. Isso mostra uma fé e entendimento equilibrados com relação a Deus. Certamente algo muito importante para lidarmos com as más notícias. Se Deus me dá algo eu reconheço e agradeço. Se Deus me toma algo eu também reconheço e agradeço.

4-) Jó creu no Provedor não na provisão

Há pessoas que tem fé na provisão de Deus. Isso significa que elas creem no que Deus pode dar a elas. Quando Deus tira algo delas, como fez com Jó, abandonam a Deus e o amaldiçoam, murmuram e caem em tristeza profunda. Essa foi a atitude que a mulher de Jó aconselhou que ele tivesse: “Então, sua mulher lhe disse: Ainda conservas a tua integridade? Amaldiçoa a Deus e morre” (Jó 2:9). Porém, a fé de Jó era no Provedor e não na provisão. Jó bendisse o Deus que ele cria, crendo na direção e cuidados Dele: bendito seja o nome do SENHOR!” (Jó 1:21).

5-) Jó exercitou a paciência e a resiliência

Jó já havia recebido muitas más notícias, mas a pior delas ainda estava por vir: “Então, saiu Satanás da presença do SENHOR e feriu a Jó de tumores malignos, desde a planta do pé até ao alto da cabeça” (Jó 2:7). As más notícias às vezes são cruéis e terríveis conosco! Porém, Jó, com sua forma de lidar com as situações adversas, nos ensinou a arte da paciência e da resiliência, que é a capacidade de resistência diante das pressões. Ele teve tristeza, diálogos fortes com Deus, sentiu vontade de morrer. As más notícias eram terríveis! Mas a sua paciência, resiliência e fé em Deus o levaram a vencer cada um dos difíceis dias de dor que teve de passar.

6-) Jó creu que as boas notícias chegariam e elas chegaram

O cristão verdadeiro sabe que o vale da sombra da morte é passageiro. Jó sabia disso também e fez uma das mais lindas declarações da Bíblia: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra” (Jó 19:25). Jó cria que as boas notícias chegariam! A superação de Jó foi coroada pelo próprio Deus. Jó foi aprovado no teste mais duro de sua vida e recebeu as bênçãos de Deus: “Mudou o SENHOR a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o SENHOR deu-lhe o dobro de tudo o que antes possuíra” (Jó 42:10). As boas notícias finalmente haviam chegado! Valeu a pena crer no Provedor, valeu a pena lutar contra as adversidades com fé e bom ânimo!


E você, como tem lutado contra as más notícias que têm recebido?

Fonte: www.esbocandoideias.com
 Presbítero André Sanchez

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Cadastre seu email e receba nossas novidades