sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Quais as maneiras corretas de orar a Deus?

Quais as maneiras corretas de orar a Deus?

Você Pergunta: Faz três meses que sou convertida e tenho experimentado as bênçãos de Deus em minha vida. Eu tenho muita vontade de orar a Deus, de estar na presença Dele, se pudesse ficaria o dia inteiro louvando. Minha dúvida é a respeito de conversar com Deus. Eu gosto muito de falar com Deus quando estou no trânsito, na estrada, pois todos os dias viajo para ir trabalhar em outra cidade e sinto uma paz muito grande naquele momento entre Deus e eu. Será que é válido conversar com Deus assim, sem estar de joelhos na presença Dele?
Cara leitora, eu realmente fico muito empolgado em ver o seu desejo de buscar cada vez mais a Deus. Todo cristão deveria ter esse desejo ardente de estar na presença de Deus. Sobre a questão de como conversar com Deus de maneira correta, vamos analisar algumas passagens da Bíblia para responder a sua dúvida:


Como orar a Deus da maneira correta?

(1) O texto mais claro a respeito de oração que vemos na Bíblia foi a orientação de Jesus, que nos ensinou: “Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará” (Mateus 6:6). Muitos acham que Jesus ensinou aqui que devemos apenas orar em nosso quarto ou em algum lugar fechado. No entanto, observando o contexto, vemos que Jesus estava condenando a prática da oração pública que muitos faziam com o objetivo de serem vistos como mais espirituais do que os outros (Mateus 6:5). Jesus mandou que não fizéssemos como eles (Mateus 6:8), antes, que praticássemos a oração de uma forma correta, com os objetivos corretos, e sempre focados em Deus.


(2) O lugar de uma oração, na verdade, pouco importa, desde que ela seja feita de coração a Deus. Vemos, por exemplo, Jesus orando em um jardim chamado Getsêmani (Marcos 14:32), Jesus orando em montes (Mateus 14:23), Jesus orando diante do túmulo de Lázaro (João 11:41), Jesus orando pregado na cruz (Lucas 23:34), etc. Isso mostra que os lugares não representam qualquer impedimento a oração.

(3) A forma física com que fazemos a oração também não faz diferença. Seja sentados, em pé, de joelhos, deitados, etc. Vemos, por exemplo, Esdras orando prostrado de joelhos (Esdras 10:1), o publicano orando em pé (Lucas 18:13), e em vários outros textos, apenas a citação de que as pessoas simplesmente oravam. Não vemos nos autores muito interesse em citar a forma física com que a pessoa orava, mas, tão somente, o principal, que era as pessoas orando por alguma causa e confiando suas orações ao Deus todo poderoso.



(4) O que a Bíblia orienta é que oremos. Somos incentivados a isso: “Orai sem cessar” (1Tessalonicenses 5:17). Isso significa que toda ocasião pode ser ocasião para orarmos. Se você tem essa oportunidade no trânsito, ore no trânsito, se pode se retirar para um lugar especial e orar como Jesus gostava muito de fazer, faça. Se não tem muitos momentos a sós por algum motivo, ore enquanto trabalha, ore enquanto cozinha, etc. O mais importante é ter uma vida de oração fervorosa, esse é o incentivo que a Bíblia nos dá, pois, a oração é muito proveitosa para a vida do crente!


www.esbocandoideias.com

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Cadastre seu email e receba nossas novidades