quinta-feira, 5 de março de 2015

POR QUE DEUS AMALDIÇOOU OS EGÍPCIOS COM PRAGAS?




Resgatar o povo hebreu da opressão egípcia não era o objetivo principal das pragas. Se esse fosse o caso, um simples milagre climático seria suficiente. O verdadeiro propósito das pragas era mostrar quem Deus é - para Israel, para o Egito e para as nações vizinhas.
Os hebreus não sabiam quem era o Senhor. 

Eles haviam vivido por centenas de anos no Egito, povo que cultuava mais deuses do que qualquer outro na história. Embora os hebreus cressem em Deus quando chegaram ao Egito, é certo que eles foram infectados pelo paganismo durante sua permanência lá.

As pragas revelaram a superioridade absoluta do Senhor sobre tudo na criação. Esses eventos cataclísmicos foram especificamente destinados a elementos egípcios venerados e adorados em particular, como o rio Nilo (primeira praga; Êx 7.14-25); os anfíbios (segunda parga; Êx 8.1-15); os insetos (terceira e quarta pragas; Êx 8.16-32); os animais (quinta e sexta pragas; Êx 9.1-12); as plantas (sétima e oitava pragas; Êx 9.13---10.20); o sol (nona praga; Êx 10.21-29); e a própria vida (décima praga; Êx 11.1-10; 12.29-32). Assim, Jeová mostrou aos egípcios como aos hebreus que só Ele é Deus.

No entanto, as pragas são, muitas vezes, referidas como "sinais", assim como os milagres de Jesus. As pragas mostram que a adoração à ordem criada leva ao julgamento de Deus. Por outro lado, os milagres de Jesus mostram que com o Senhor a vida pode superar tudo o que é mortal na criação - a doença, o demoníaco, os fenômenos da natureza e, até mesmo, a morte.

O Êxodo



Fonte: 
http://abibliarespondenocostumes.blogspot.com.br/

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Cadastre seu email e receba nossas novidades