terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Crente pode xingar???




Quando meu colega me questionou porque não devemos xingar: "Ué, cara, quê que tem? Por que você não fala palavrão? Não pode falar nenhunzinho?"

Eu falo: "Porque não! Pra eu ser "normal" eu tenho que xingar??? Então me responde aí, por que você xinga?

"Não, pô... É pra extravasar, ficar aliviado, tá ligado?"

"Hm... Não tô ligado, não... Eu encontro alívio em Deus!''


Por favor, né!


Eu já falei e vou repetir, não tire isso da sua mente: 
Para os filhos de Deus não existe ‘Posso, Não posso’ e sim ‘Quero, Não quero.’


Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. (Efésios 4:29)


Se o meu Senhor falou, eu obedeço! Vou fazer o que ele mandar

Eu não falo palavrão, não porque "não posso", mas, porque eu obedeço ao Senhor!

Pois eu quero que da minha boca, somente saia bênçãos e boas palavras para ajudar aos que me cercam a crescer na fé. Tudo o que eu disser, eu quero que faça bem aos que me ouvem.

Palavra torpe não diz respeito somente a palavrões, mas a todo tipo de expressão impura, indecente, infame, suja, boçal, podre.



Sabe quando a gente fala algo que não devia? Usa certas expressões que não deveriam ser ditas? E quando vê, já era! Pois não tem como voltar no tempo! Por isso devemos estar sempre atentos.
Antes de falar temos que pensar: "O que vou dizer irá me promover aos olhos dos outros ou irá ajudar meu próximo a crescer na fé?" 


Que suas palavras repletas de amor, atinjam aqueles que não conhecem a Deus e tragam conforto para os crentes que estão precisando.



E na dúvida, caso tropeçe, lave a boca com sabão. :)



Graça e paz



Hermes Apollo Silva

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Cadastre seu email e receba nossas novidades