Últimas notícias

Barnabé, a liderança madura

Barnabé, a liderança madura

“E, quando Saulo chegou a Jerusalém, procurava ajuntar-se aos discípulos, mas todos o temiam, não crendo que fosse discípulo.
Então Barnabé, tomando-o consigo, o trouxe aos apóstolos, e lhes contou como no caminho ele vira ao Senhor e lhe falara, e como em Damasco falara ousadamente no nome de Jesus.
E andava com eles em Jerusalém, entrando e saindo”… (Atos 9:1-31)

Só líderes seguros delegam poder a outros. Barnabé nos dá essa lição.

Uma das coisas que mais alegram o coração de um líder é ver pessoas sendo bem-sucedidas. Mas, existe uma coisa ainda melhor que isso: fazer parte do sucesso da outra pessoa. Quando isso acontece, o sucesso do discípulo se torna o sucesso do líder também!Podemos aprender com Barnabé. De todos os líderes das Escrituras, ele parece ser o mestre em levar as pessoas a níveis mais altos. Até o próprio nome pelo qual ele era conhecido tinha a ver com esta característica. Seu nome verdadeiro era José, mas todo o mundo o conhecia como Barnabé, que significa ‘ENCORAJADOR” (Atos 4:36).
Barnabé era administrador do templo (levita), ministrava e exortava com firmeza. Era mesmo alguém que se preocupava com o crescimento espiritual dos crentes. Ele acreditou em Paulo quando todos ainda desconfiavam de sua visão transformadora que ocorreu ao encontrar com Jesus em seu caminho.
O encorajamento pode ser uma forma fantástica de delegar poder.Se você como líder limita as pessoas está limitando seus ministérios e a si mesmo também. Mas, se você as levanta, então não há lugar distante demais aonde elas ou você possam chegar!
Se as barreiras de organização não crescem dentro de um projeto de Deus, pode ser porque o líder está centralizando poderes em vez de delegar autonomia e segurança a outros líderes.

O verdadeiro líder forma novos líderes

Se o líder não forma um novo líder deve ser por insegurança, imaturidade ou incredulidade. Só os líderes seguros são capazes de se doar. O único modo de se tornar indispensável é se fazer indispensável. Em outras palavras, se você conseguir continuamente delegar poder aos outros e ajudá-los a amadurecer seus sonhos e projetos, ajudá-los a evoluir e voar como as águias, você se tornará mais valioso para qual for o seu chamado ministerial.

Jesus ensinou sobre a autoridade do líder

Lembre-se: nenhuma autoridade você teria se do céu você não a tivesse recebido. Portanto, cautela com o poder de decisão que você tem em suas mãos. Suas ações podem ser seguras, firmes e consistentes, mas se não tiver AMOR, nada disso se aproveitará.Firmeza não é sinal de abuso, é uma ação característica da autoridade e depende do episódio. JESUS foi um líder “situacional”.
Ele agia com FIRMEZA contra os “fariseus” e usava de infinita misericórdia para com os humildes. Simples, né?! Ou não!… Um pouco de desenvolvimento com aprimoramento o levará a saber como manifestar a autoridade que Deus lhe deu para dirigir, desenvolver e formar pessoas para novas lideranças.

O líder precisa de fé, pois sem fé é impossível agradar a Deus

Nossos heróis da Bíblia agiram pela fé. Deus não se agrada de líderes e profetas medrosos. Todo o líder necessita de ousadia em seus projetos. Se estiverem de acordo com o chamado de Deus. Siga com segurança e toda a sua equipe de fé seguira você! Se seus seguidores estiverem inseguros, admita que é hora de reavaliar a sua liderança. Esses ícones da fé confiavam não em sua força, mas na força do DEUS DOS EXÉRCITOS!
Vejamos o que diz Hebreus 11:33-40
“… Os quais pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões,
34 Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos.
35 As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição;
36 E outros experimentaram escárnios e açoites, e até cadeias e prisões.
37 Foram apedrejados, serrados, tentados, mortos ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratados
38 (Dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra.
39 E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa,
40 Provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles sem nós não fossem aperfeiçoados”.

Líderes de fé seguem seguros e determinados em suas ações porque CONFIAM em Deus. Quando confiamos a nossa liderança ao Deus de TODA Autoridade e Poder, nada mais teremos a temer! Dessa forma a obra da semeadura se multiplicará madura e sobrenatural!!
Sigam seguros (No SENHOR).
Paz queridos,
Claudinho Santos

Nenhum comentário