Últimas notícias

Crente que é gente: Canal do Youtube atrai jovens com humor

Crente que é gente: Canal do Youtube atrai jovens com humor

Há dois anos Robson Cunha iniciava a gravação dos vídeos de humor para evangélicos em um canal do Youtube. O projeto foi batizado de “Crente que é gente” (CQG) e hoje visita diversas igrejas para apresentações de Stand Up Comedy.
Cunha nunca tinha trabalho com humor antes. “Na verdade eu não me considero humorista, eu utilizo o humor para alcançar jovens”, diz ele.
A ideia surgiu em um sonho. “Tudo começou numa madrugada onde acordei com essa ideia de fazer um vídeo de humor já que os jovens cristãos estavam se corrompendo com o humor das mídias, TV, Cinema e internet. A princípio eu relutei contra essa ideia, mas isso aconteceu por 3 noites seguidas, então eu me lembrei de Samuel e entendi que Deus queria falar algo comigo”, conta.
Antes de iniciar as gravações ele orou e teve a ideia do primeiro vídeo do “Crente que é gente” que foi o Crianças na Igreja. Desde então o canal se tornou um sucesso nas redes sociais e não produz apenas vídeos de entretenimento cristão, mas também de edificação e evangelismo.
Hoje Robson Cunha entende o poder do humor e se impressiona com a forma que ele abre a alma das pessoas. Ciente disso, ele aproveita a oportunidade para atrair jovens ministrando a Palavra de Deus.
Humor e religião é uma mistura polêmica, há críticas quando humoristas seculares abordam temas religiosos e há ainda mais críticas quando os humoristas são evangélicos e tratam de assuntos do próprio meio. Robson foi alvo dessas críticas, mas não desistiu de seu ministério por conhecer o potencial do seu projeto.
“A internet é um mundo sem dono, recebo críticas dos evangélicos, mas na verdade não me preocupo pois sei que quem conhece o ministério a fundo sabe o propósito”, afirma.

Humor e Evangelho juntos

Nas apresentações que ele faz nas igrejas a percepção das pessoas sobre humor gospel muda. Robson relata que constantemente alguém, no final das apresentações, chega até ele e comenta: “Eu tinha uma ideia totalmente diferente de você, pensava que você viria aqui somente fazer gracinha e que não teria mas nada para oferecer, mas Deus te usou tremendamente”.
Hoje além dos vídeos para o canal do CQG, Robson já gravou um DVD ao vivo e recebe convites para se apresentar em igrejas de diversas regiões do Brasil. Ele tem percebido que usar humor para falar de religião abre espaço até mesmo entre não evangélicos que se preocupam em oferecer aos filhos alternativas de entretenimento sem palavrões e promiscuidade.
“Eu sempre digo que foi Deus quem criou a alegria, a gargalhada de doer a barriga, acontece que o diabo denegriu aquilo que Deus criou e se utiliza desse humor sujo. Mas recebo um retorno muito legal de pessoas que não são evangélicos, inclusive de pais e mães agradecendo pelo fato de poderem se alegrar em família sem preocupação, é maravilhoso, transcende a questão da ‘religião’, se torna uma diversão e a questão religiosa fica em segundo plano”, encerra.
Assista um trecho da apresentação de Stand Up:

Nenhum comentário