Últimas notícias

O dever desafiador de um marido





Visto que Sara era a esposa de Abraão, e ela obedecia (hypakouō) seu marido, e as esposas cristãs são instadas a imitá-la, com sua obediência a Abraão como o objeto específico de imitação, segue-se necessariamente que hypakouō deve ser igualmente aplicado a todas as esposas cristãs. Sempre que hypakouō ou hypotassō é usado, a Bíblia está dizendo que as esposas devem se sujeitar, serem respeitosas e obedecer aos seus maridos – nada menos.

Se as esposas protestam que isso é muito difícil de ser feito, que elas lembrem que o dever do marido é muito mais desafiador: “Maridos, ame cada um a sua mulher, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se por ela” (Efésios 5:25). 

O mandamento não é que os maridos mostrem meramente afeição, mas amor às esposas até a morte, e estimá-las mais que a sua própria vida e bem-estar.

Muitas mulheres são difíceis de serem amadas, especialmente as rebeldes

Se Deus não gerar amor divino dentro dos nossos corações, seria de fato humanamente impossível amar como Cristo ama. De qualquer forma, é melhor que o marido e a esposa sigam os preceitos de Deus, visto que talvez seja mais fácil obedecer a um esposo amoroso, e amar uma esposa obediente. Mas mesmo então, cada um é responsável diante de Deus, a despeito do que o outro faça, como afirmado pelo apóstolo Pedro (1 Pedro 3:1-7). Um esposo que não é amoroso não é escusa para a desobediência da esposa.

Por Vincent Cheung

Nenhum comentário