Últimas notícias

Filho caçula do pastor Rick Warren se suicidou; Em nota, família comenta luta contra a depressão por 27 anos


Filho caçula do pastor Rick Warren se suicidou; Em nota, família comenta luta contra a depressão por 27 anos


No último sábado, 06 de abril, foi divulgada a notícia de que o filho caçula do pastor e escritor Rick Warren cometeu suicídio.
Matthew Warren, 27 anos, era membro da Saddleback Church e lutava contra a depressão desde seu nascimento, de acordo com uma nota assinada pelo pastor Rick.
O texto diz que apenas as pessoas mais próximas da família “sabiam que ele lutava desde o nascimento com uma enfermidade mental, poços escuros de depressão, e até pensamentos suicidas”, e complementa informando que “apesar dos melhores médicos, conselheiros e intercessores por cura da América, a tortura da doença mental nunca cedeu”.
Rick Warren afirma que a escolha pelo suicídio aconteceu num momento dramático: “Hoje, após uma noite divertida junto com Kay e eu, num surto de desespero na sua casa, ele tirou a sua vida”, disse o pastor, fazendo menção à sua esposa.
O pastor da igreja Saddleback e autor do best-seller Uma Vida Com Propósitos mencionou em seu comunicado que um episódio específico marcou a memória de seu filho: “Eu jamais me esquecerei como, muitos anos atrás, depois de falhar em mais uma tentativa de conseguir alívio, Matthew me disse: ‘Papai, eu sei que vou para o céu. Por que não posso morrer já e acabar com essa dor?’, mas ele continuou lutando por mais uma década”, afirmou o pastor, de acordo com a tradução feita pelo blog O Contorno da Sombra.
Warren encerra o comunicado agradecendo as manifestações de apoio feitas para sua família: “Agradeço a todos vocês por seu amor e orações. Nós também os amamos”.
A equipe de apoio do pastor Rick Warren emitiu um comunicado pedindo orações por consolo à família: “Juntem-se a nós em oração por toda a família Warren, para que a paz e o conforto de Deus esteja com todos eles ajudando-os a passar por essa situação difícil”.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nenhum comentário