Últimas notícias

Pastor gay é preso por invadir cartório que não permitiu que ele se casasse com seu parceiro


Pastor gay é preso por invadir cartório que não permitiu que ele se casasse com seu parceiro

Um pastor gay e seu parceiro foram presos na última semana no estado norte americano do Kentucky, acusados de invadir um escritório da prefeitura que negou a eles uma licença de casamento.
O rev. Maurice “Bojangles” Blanchard e seu parceiro Dominique James haviam tentado obter a certidão mesmo sabendo que o pedido seria negado, de acordo com o ThinkProgress, visto que casamentos entre pessoas do mesmo sexo foram proibidos em Kentucky em 2004, por uma emenda à Constituição do Estado.
Policiais chegaram para prender o casal quando eles permaneceram no escritório depois desse ter sido fechado ao fim do dia, de acordo com a Rede de Notícias Kentucky. A polícia acusou os dois homens de invasão.
Blanchard disse à polícia que ele tinha uma “obrigação espiritual” para ficar, e recusou uma oferta da polícia quando foram autorizados a sair do local pacificamente.
- Se não agirmos, somos cúmplices de nossa própria discriminação. Nós temos que resistir – declarou Blanchard.
Blanchard foi ordenado pastor em maio do ano passado pela Igreja Batista Louisville’s Highland mesmo sendo um homem abertamente gay. Ele e James se casaram na Igreja Unitária há seis anos, e agora tentavam consolidar uma união legal.
Blanchard tem sido um defensor do casamento gay na área, e é o fundador do ministério True Colors, que faz parte do programa LGBT da igreja na qual é pastor.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Nenhum comentário