Últimas notícias

Os 10 ditadores que mais mataram pessoas no mundo


Genocídio é definido como o assassinato deliberado de pessoas em larga escala. Leis e correntes de estudiosos levam em conta, por exemplo, perseguições religiosas. Mas, segundo a própria origem da palavra, cometer genocídio significa tentar erradicar, por meio da violência, um grupo que possui os mesmos genes. Desse modo, genocídio é o assassinato de pessoas baseado na sua herança genética, ou seja, suas características étnicas - importa menos, portanto, religião, classe social, nível educacional ou a crença política das vítimas. 

Além disso, uma característica dos genocídios é que os opressores não se satisfazem em matar apenas seus oponentes ativos, eles caçam e eliminam todos os homens, mulheres, crianças e bebês do grupo étnico transformado em alvo. Ao longo da história alguns ditadores foram responsáveis por um número absurdo de mortos. Confira uma lista com a quantidade de pessoas mortas por esses ditadores:
 

Nenhum comentário